Lesson

Indicadores económicos importantes

Operar com tendências faz uso extensivo de análises técnicas, incluindo padrões gráficos e indicadores técnicos. Os indicadores são essencialmente ferramentas que tomam informações de preços e aplicam-lhes diferentes fórmulas matemáticas, a fim de transformá-las em informações visuais, como gráficos ou osciladores, que podem dar aos traders sinais de entrada ou saída. Ao analisar os dados de preços, os indicadores podem fornecer informações sobre a força de uma tendência, potenciais pontos de inflexão e possíveis reversões. Por isso, os indicadores são considerados a ferramenta de análise técnica mais importante à disposição dos traders de tendências.
A verdade é que não existe uma única maneira de negociar nos mercados forex. Os traders devem saber que há uma série de indicadores que podem ajudar a determinar o melhor momento para comprar ou vender em forex. A seguir, vamos explorar alguns dos indicadores técnicos mais importantes e usados:

Médias móveis
Existem dois tipos de médias móveis – médias móveis simples e exponenciais (MMS e MME). É importante entender aqui que as médias móveis são calculadas dividindo a soma dos preços de encerramento de um determinado período de tempo pelo período durante o qual a soma foi calculada. A MMS é calculada dessa forma e, assim, é considerada “simples”. Já a MME tem um método de cálculo semelhante, exceto que é dado mais ênfase aos preços de encerramento mais recentes, por isso é chamada de “exponencial”.

No final, tudo se resume ao que o deixa confortável e qual é o seu estilo de negociação. A MME pode fornecer vários sinais iniciais, mas também pode fornecer um número maior de sinais falsos e prematuros. A MMS, ao contrário, fornece menos sinais, mas raramente emite sinais falsos durante volatilidade.

Configuração do período
Ao escolher um tipo específico de média móvel, o trader precisa de perguntar-se qual é a correta configuração do período, no sentido que pode dar os sinais mais precisos. Se é um day trader de curto prazo, por exemplo, precisa de uma média móvel rápida que reaja às mudanças de preço imediatamente. Normalmente existem 3 períodos principais de média móvel: o período de 9 ou 10 dias, o período de 21 dias e o período de 50 dias.

Média móvel convergente e divergente (MACD)
Em vez de limitar-se a uma única média móvel, a MACD faz uso de 3 MME. As duas primeiras MME são usadas para criar um histograma, enquanto a terceira gera a linha de sinal. Como a MACD faz uso de três MME diferentes, ela é considerada um indicador muito mais confiável. Um sinal de negociação é gerado no ponto onde a linha do sinal cruza as barras do histograma. Um cruzamento na linha de sinal fora das barras para o lado negativo é um sinal de alta e vice-versa.

Além disso, o posicionamento e a altura das barras do histograma são usados para mostrar a força da tendência atual. As barras externas surgem a partir da linha central e movem-se para baixo ou para cima. O movimento para cima mostra que a tendência é de alta e vice-versa. Enquanto isso, a altura das barras mostra o quão forte é a tendência, ajudando a decidir se deve ou não fazer uma operação.

Índice de força relativa (IFR)
O indicador IFR é calculado ao medir a rapidez com que o preço reage, sendo importante para determinar se as tendências do mercado estão próximas de uma reversão. Se houver uma tendência repentina de compra numa moeda específica, o indicador IFR responderá movendo-se rapidamente para cima. Este funciona baseado no princípio que os preços de mercado sempre se corrigem para refletir o valor real de um ativo. Portanto, após um rápido movimento de alta do IFR, isso indica que os preços de mercado podem voltar a cair, revertendo a tendência de alta. Para avaliar a probabilidade de uma reversão iminente, o IFR é medido em valores que variam de 0 a 100. Leituras mais próximas de zero indicam uma possível reversão para o lado positivo, enquanto leituras mais próximas de 100 indicam o oposto.

Saldo de Volume (OBV)
O volume é um indicador valioso. O OBV processa informações de volume e compila-as no sinal de uma linha. O indicador OBV mede a pressão acumulada de compra/venda adicionando o volume dos dias de alta e subtraindo o volume dos dias de baixa. Idealmente, o volume deve confirmar as tendências. Um preço em alta deve ser acompanhado por um OBV crescente; um preço em queda deve ser acompanhado por um OBV em queda. Também é importante observar que, se o OBV estiver a subir e o preço não, o preço provavelmente seguirá o OBV e começará a subir. Se o preço estiver a subir e o OBV estiver estável ou a cair, o preço pode estar a chegar ao pico.

Bandas de Bollinger
O indicador Bandas de Bollinger foi desenvolvido pelo famoso trader técnico John Bollinger e é pautado por dois desvios-padrão de uma média móvel simples. O preço das ações é enquadrado por uma banda superior e inferior, juntamente com uma média móvel simples de 21 dias. As bandas alargam-se automaticamente quando a volatilidade aumenta e estreitam-se quando a volatilidade diminui. As bandas de Bollinger são usadas para prever possíveis futuros pontos de inflexão.

É importante notar que as Bandas de Bollinger com as configurações corretas contêm mais de 90% do preço da ação, que flutua entre as duas bandas. Quando as bandas se contraem e ficam próximas, isso é conhecido como aperto. Um aperto sinaliza baixa volatilidade do mercado e é considerado um sinal potencial para um futuro aumento de volatilidade.

Muitos traders acreditam que quanto mais os preços se movem para a banda superior, mais o mercado está a sobre-comprar, e quanto mais os preços se movem para a banda inferior, mais sobre-vendido está o mercado. Portanto, as bandas de Bollinger são usadas para identificar pontos de reversão e prever mudanças na direção do preço.

Nenhum indicador é absoluto
Os indicadores podem simplificar as informações de preços, bem como fornecer sinais de tendência ou alertar sobre reversões. Os indicadores podem ser usados em todos os prazos e têm variáveis que podem ser ajustadas para atender às preferências específicas de cada trader. No entanto, é importante lembrar que nenhum indicador deve ser considerado absoluto. Quando se trata de operar com tendências, é sempre bom usar vários indicadores para verificar o início de uma tendência.